Buscar
  • fluffypetgeral

3 coisas que os Animais te diriam sobre o Verão

Há já algum tempo que sinto em fazer este artigo, mas o tempo vai passando e vai ficando para a próxima.

De hoje não passa!


Muitas coisas poderiam ser-te ditas pelos Animais, mas estas três são muito importantes, nesta altura do ano e são coisas que nos deixam bastante magoadas.

São elas:



# ABANDONO

Infelizmente, o flagelo do abandono é constante ao longo do ano, mas nesta alturas de férias os números de animais abandonados dispara.

Um animal é um ser senciente - um ser com emoções e capacidade de sentir - e, por isso (e por tantas outras coisas) não devem ser adquiridos de forma leve e sem pensar no que acarreta.

Um animal implica alterações das nossas rotinas, implica gastos e despesas extras, implica pelo pela casa, miados ou latidos (ou outros), doenças e possibilidade de não poder entrar em todos os locais.

Um animal deve ser visto como parte integrante da família e não ser descartado no verão apenas porque "não tenho com quem o deixar" ou porque "não o posso levar nas férias comigo!". Se a desculpa do abandono são as férias, hoje em dia não faltam opções no mercado apra ajudar neste sentido (pet sitters, alojamentos, hoteis...). Felizmente, também são cada vez mais sítios a aceitar a entrada de animais (hoteis, restaurantes, cafés, museus, shoppings, etc)...

Repense bem antes de levar um animal para sua casa. Pense e repense no que faz e no que pretende fazer. Se a sua ideia é, mais cedo ou mais tarde, abandonar o animal, mais vale não trszer nenhum para o seio da sua família.


E claro que não podiamos deixar de lembrar que ABANDONO É CRIME.





# FOGOS DE ARTIFÍCIO

Já perdemos a conta de quantas vezes vimos publicações sobre animais que fugiram e/ou se perderam durante alturas de fogo de artifício e, qual a maior altura deste evento? No Verão, em cada terra e terrinha há festas e com festas há fogos de artifício.

Constantemente há apelos, partilhas e flyers sobre animais que fugiram, porque se assustaram com os foguetes.

Todos os anos, a situação se repete.

Idealmente, o fogo de artifífio deveria ser sem som (sim, porque existem fogos de artifício sem barulhos; apenas com o espetáculo visual).

Porém, enquanto isso não acontece, tenham cuidados redobrados com os vossos animais.

Já aqui partilhamos algumas dicas, mas deixamos as mais básicas:

isolem a casa o máximo que conseguirem, reforcem o peitoral e a trela, usem chapa de identificação, podem recorrer a feromonas e terapias para auxiliar, mas, acima de tudo, não saiam com eles em alturas de fogo de artificio, nem levem o vosso cão para o meio da confusão das festas.


E atenção, não são só os cães que ficam desnorteados com os fogos de artifício. Os gatos também podem sentir medo e também se podem magoar, as abelas, os pássaros também sofrem com estes festejos; pessoas com SPT ficam ansiosas e pode passar mal e já para não falarmos do lixo produzido.






# INCÊNDIOS

Calamidade do verão... temperaturas altas, falta de cuidados e fogos postos... incêndiso garantidos. Animais presos sem conseguirem escapar, animais que perdem o seu lar (e aqui também falamos de espécies selvagens), animais que morrem carbonizados.... Se tiverem animais fechados, soltem-nos. Ofereçam uma possibilidade de fugirem e de se salvarem.

Tenham sempre um plano de fuga para esta eventulualidade (sempre uma trela e peitoral rápido de colocar e à mão, uma transportadora, um plano de contingência).

Se, felizmente não sofrem com uma ameaçada de incêndio, podem ajudar na mesma... oferçam água e comida aos animais que se aproximarem, não explusem nenhum animal que se possa aproximar para descansar e beber um pouco.


E, já agora, nos passeios não deixem lixo, limpem a vossa zona, não deitem beatas para o chão, ajudem no que puderem e como puderem.... só não fiquem indiferentes.






Fluffy Pet - serviço de treino canino, reiki em animais e pet sitting ao domicílio

960 160 170

www.fluffypet.pt

fluffypet.geral@gmail.com

Facebook | Instagram | YouTube





23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo