top of page
Buscar
  • fluffypetgeral

Festas.... um (breve) guia de sobrevivência

Estamos em Dezembro, um mês de festa por excelência.... um mês com feriados e fins-de-semana prolongados, o mês do Natal, das reuniões de família, o mês do fim de ano e de toda a loucura, cor, barulho e confusão inerente.


Mas, será que os nossos patudos também se divertem assim tanto como nós?!


Hoje vamos trazer-vos alguns tópicos, cuidados e dicas - um guia de sobrevivência a esta quadra!

Pront@s?!



Antes de mais, importa recordar que a capacidade auditiva dos nossos patudos (e aqui focamo-nos mais nos cães e nos gatos, mas é aplicado a outros animais) é superior à nossa, por isso, se nós já achamos que há mais barulho nesta altura, imaginemos no caso deles! Quer as conversas em tom alegre, quer as músicas de natal, as propagandas... tudo se pode tornar em demasiado para eles.

Se, a isto juntarmos os fogos-de-artifício, podemos ter uma mistura explosiva!



E vamos começar por aqui.... por norma e na perspetiva deles, o fogo de artifício surge do nada, de forma estrondosa e isso pode acabar em ataques de pânico, fugas e situações muito complicadas de gerir, em especial em animais mais medrosos, ansiosos, jovens e idosos.



Tome consciência que, nestas alturas do ano tendem a ocorrem mais casos de:

- fugas e animais perdidos

- atropelamentos

- afogamentos em piscina

- ataques de mordidas (por nervosismo e medo)

- paragens cardiorrespiratórias

- convulsões

- mutilações (maioritariamente por tentativas de fuga)







Como tutores responsáveis, deveríamos ter alguns aspetos em consideração e porteger os nossos patudos.




Uns dias antes podemos começar por:

- introduzir algumas terapias complementares como os florais de Bach, os óleos essenciais ou feromonas, de forma a capacitar o animal de um estado de maior relaxamento;

- garantir que o seu patudo está microchipado e que tem uma coleira de identificação legível e com contatos atualizados (em caso de fuga);

- garantir que o seu patudo não tem pontos de fuga (em especial em situações em que o animal esteja no exterior)



No dia da festa, podemos ter alguns cuidados acrescidos, tais como:

- não alimentar o nosso patudo duas a três horas antes do fogo de artifício

- optar por um alimento mais leve e/ou uma refeição mais leve

- levar o nosso fiel amigo à rua para as necessidades, antes do fogo e artifício começar

- fechar janelas e persianas, para abafar o máximo possível o som

- se tivermos uma divisão da casa que seja mais isolada e onde se ouça menos barulho, permitir que ele fique lá. Em alternativa, a divisão onde ele se sente mais confortável e seguro. Colocando na divisão ,a caminha dele, música relaxante;

- podemos recorrer a feromonas, florais de Bach, aromaterapia.

Devemos permanecer com ele durante este período, compreendendo que esta situação lhe provoca medo e pânico.


O que NUNCA DEVEMOS FAZER é castigar, ralhar ou ignorar o nosso animal neste momento. Não existe tal coisa como reforçar o medo [apenas podemos reforçar comportamentos e nunca emoções, pelo que o medo, sendo uma emoção, não pode ser reforçado].


Se o nosso patudo está no exterior, o ideal trazê-lo para dentro de casa, para que fique mais protegido



Devido ao stress, podem ocorrer algumas urinas fora de sítio e latidos mais intensos, tremores de medo, tentativas de se esconderem em algum local e, consequentemente, partirem algo.
Mas lembre-se…
NUNCA CASTIGUE O SEU PATUDO POR ESTAR COM MEDO.
ACOMPANHE-O E FIQUE COM ELE, TRANQUILIZE-O E SEJA O PORTO SEGURO DELE!





Podemos, ainda…


… optar por recorrer ao uso de camisolas Thundershirt, ou seja, camisolas/ casacos calmantes que auxiliam os cães a estarem mais calmos em situações que normalmente demonstrariam grande desconforto, inquietação, medo e ansiedade.


Se optarem por adquirir uma Thundershirt, lembrem-se que esta deve envolver seu cão de forma justa e confortável, mas nunca apertada e que, nas primeiras vezes, deverá ficar atento/a ao cachorrinho, pois pode ser preciso fazer pequenos ajustes para manter a Thundershirt confortável. O nível de conforto é muito importante para que a camisa em si não se torne a fonte de um novo estresse e ansiedade.

Lembramos, ainda, que a colocação e a habituação da mesma deve ser feita com antecedência para que o cão esteja habituado nos dias em que necessitarem.




Agora que vimos o principal "inimigo" dos nossos patudos, vamo-nos focar noutros aspetos que também merecem destaque, tais como as alterações de rotinas, a presença de pessoas, de mais movimento ....




Natal implica mais estímulos visuais, auditivos, olfativos... toda uma mudança de rotina a que o patudo está habitudo e, para que a quadra seja mais tranquila, podemos ajudar o nosso patudo, começando uns dias antes:


- colocando à disposição dele terapias como os florais de bach, aromaterapia, feromonas, etc.

- começando a fazer as alterações de forma gradual e tranquilas e permitindo ao seu patudo, adaptar-se às mudanças



É igualmente importante, refletir sobre a sociabilização do seu cão para com pessoas e outros animais e, se necessário aposte nessa questão com tempo e sempre ao ritmo so seu patudo [e se já não for a tempo para este ano, lembre-se que tem um ano inteiro, até ao próximo Natal, para trabalhar com ele].


Em situações de reunião de família/ amigos, podemos explicar às pessoas que tenham alguns cuidados, tais como falar baixo, evitar gestos demasiadamente bruscos, ter consciência de que o seu cão tem medo ou não se sente confortável.


Não obstante, podemos [com tempo e ao rimo dele] habituar o seu patudo a ficar, confortável, numa divisão à parte, onde ele se sinta seguro e tranquilo e onde não o incomodem.



Caso o nosso patudo tenha perfil para estar connosco na reunião de família, não tenha medo de pessoas, lide bem com mudança de rotina, não nos devemos esquecer de que as decorações natalícias requerem alguma atenção (mantenha as decorações que possam ser mais perigosas longe do alcance ele e tenha os mesmos cuidados com os fios elétricos e afins).



Para vos auxiliar ainda mais nesta quadra, lembramos que temos à disposição o nosso PACK FESTIVIDADES onde encontram :

- pack básico: 1 documento com dicas, 1 frasco de tratamento de florais de Bach e 1 spray de diluição de óleos essenciais;

- pack completo: 1 documento com dicas, 1 frasco de tratamento de florais de Bach, 1 spray de diluição de óleos essenciais, 1 spray tranquilizador e 1 brinde surpresa





Deixamos, ainda, links de outros artigos sobre a temáticas:

https://www.fluffypet.pt/post/fogos-de-artif%C3%ADcio-e-animais

https://www.fluffypet.pt/post/dezembro-e-os-seus-perigos




Fluffy Pet - Reiki e florais de Bach, treino canino e pet sitting ao domicílio

960 160 170

www.fluffypet.pt

fluffypet.geral@gmail.com

Facebook | Instagram | YouTube ! Blog





Imagens retiradas da Internet

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page