top of page
Buscar
  • fluffypetgeral

FIV Felina

Já alguma vez ouviste falar em FIV? Ou, talvez, na Sida dos Gatos?


Pois, é sobre isto que vamos falar hoje e começamos por recordar que não somos médicos veterinários e que este é um tema que podem e devem esclarecer com o vosso médico veterinário assistente.

Este artigo surge por experiência recente com o elemento mais recente da nossa família - o Anúbis!





Há já alguns meses que um gatinho preto rondava a casa. Lentamente ia-se aproximando, mas sempre mantendo a distância.

Aos poucos, foi possível perceber que dormia abrigado num local do terraço e, por estar magro, foi-se-lhe dando comida. O sonho de alguém estava a tornar-se realidade - ter um gato preto!





Demos-lhe o nome de Anúbis e foi vacinado. Foi-lhe tratada uma hérnia que tinha e feito um teste de despiste de Fiv e Felv, pois a ideia é poder dormir e ficar em casa (ainda estamos em fase de apresentação às gatas da casa, a Buda e a Catraia).


Felizmente o teste deu negativo para Felv, mas positivo para Fiv.


Desde então, temos querido partilhar convosco um pouco mais desta condição e hoje, chegou o dia!


A designação FIV significa Vírus da imunodeficiência felina - uma infeção viral grave nos gatos, não contagiosa a outros animais nem a humanos.





Por ser um vírus de uma espécie de progressão lenta, muitas vezes, animais com Fiv podem permanecer saudáveis por muito tempo sem que apareçam sinais da doença.


O vírus pode ser transmitido por sangue ou saliva e a forma mais frequente de disseminação do FIV é através da mordedura, em que o vírus na saliva do gato infetado é diretamente introduzido no sangue do outro gato.


Outra forma de transmissão é passando da mãe para os bebés em períodos de amamentação ou no parto.



De resto, os gatos infetados podem conviver com outros gatos (saudáveis), comer do mesmo comedouro, beber do mesmo bebedouro, usar a mesma caixa de areia e domir nas mesmas camas, porque a probabilidade de infeção é altamente improvável.

Porém, para evitar que os gatos entrem em luta por recursos, é fundamental ter sempre um número maior de comdouros, bebedouros e caixas de areia à disposição.


A FIV é caracterizada por uma baixa imunidade, o que deixa o gatinho mais suscetível a doenças e, uma gripe ou diarreia, por exemplo, pode-se tornar mais difícil de resolver.

Porém, é importante ressaltar que a FIV, por si só, não mata o gato.



Existem diferentes estágios para a doença e inicialmente podem surgir sintomas leves como febre e anorexia e alguns gatos permanecem nessa fase por alguns meses, porém, para outros, essa fase chega a durar anos.

À medida que a doença vai avançando, os animais ficam mais vulneráveis a infecções secundárias devido à imunodeficiência, o que pode levar à morte. Na fase mais aguda, os sinais mais visíveis ocorrem na cavidade oral e doenças oculares ou alterações neurológicas são alguns sintomas que podem surgir.



Sintomas

De forma genérica os sintomas após FIV positivo mais comuns são:

  • Mau estado do pelo

  • Febre persistente com perda de apetite

  • Inflamação das gengivas (gengivite) e da boca (estomatite)

  • Infeções recorrentes da pele, olhos, bexiga e trato respiratório superior

  • Diarreia persistente

  • Distúrbios neurológicos (exemplo convulsões)




O meu gato tem FIV, e agora?

É natural que o primeiro impacto seja assustador; ninguém gosta de receber este tipo de notícias. Mas, na realidade, estudos sugerem que os gatos com FIV têm geralmente uma esperança de vida próxima do “normal”, desde que não infetados em simultâneo com o vírus da leucemia felina (FeLV).


Aconselhamos a que fale abertamente com o médico veterinário assisitente e esclareça todas as suas dúvidas sobre esta condição e recordamos que ABANDONO NÃO É SOLUÇÃO!





Fluffy Pet - reiki e florais, treino canino e pet sitting ao domicílio

960160170

www.fluffypet.pt

fluffypet.geral@gmail.com

Facebook | Instagram | YouTube | Blog





Fontes:

https://www.hospvetsantamarinha.com/blog/fiv-virus-da-imunodeficiencia-felina/

https://www.vetsobrerodas.pt/blog/fiv-a-sida-dos-gatos

https://portalvet.royalcanin.com.br/saude-e-nutricao/outros-assuntos/fiv-conheca-a-doenca-que-afeta-felinos/

https://vetplus.vet.br/fiv-felina/



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page