Buscar
  • fluffypetgeral

Gatos em Cat Sitting

Cada vez mais temos mais pedidos de pet sitting para gatos, cat sitting. Isto deixa-nos extremamente felizes, porque se denota uma maior (e cada vez mais, mais crescente) tendência dos tutores para com os seus felinos.


Já aqui dissemos várias vezes que gatos não são cães pequenos. Gatos são seres fantásticos que têm a sua própria natureza, as suas próprias especificidades e que, também requerem cuidados.


Neste artigo vamos tocar em alguns tópicos que consideramos importantes no caso de gatos em cat sitting.



# Gatos merecem visitas diárias. Ainda persiste a ideia de que podemos deixar duas ou três taças com água, um comedouro bem cheio e mais uma caixa de areia extra e os gatos aguentam bem dois ou três dias sozinhos. Até poderia ser verdade, mas não o recomendamos de todo.

No caso do cat sitting, os gatos ficam sozinhos em casa e podem acontecer acidentes. Visitas regulares permitem uma resposta mais atempada.

Não obstante, ter água fresca e uma caixa de areia limpa é um bem necessário a qualquer patudo.

# Deixar roupa usada dos tutores (costumamos aconselhar o pijama ou a roupa do dia anterior) pode ajudar a que os gatos de sintam mais acompanhados na ausência dos tutores. Existe a ideia de que os gatos são independentes e que não ligam às pessoas, mas a realidade é que eles são ligados à sua família e poderemos fazer d estudo para os ajudar a minimizar essa ausência.



# Apesar de ficarem mais tempo sozinhos quando as suas famílias humanas se ausentam, os gatos preferem permanecer nas suas casas, no seu ambiente e com as suas rotinas, pelo que, por norma (claro que há sempre excepções), os gatos preferem ter uma cat sitter a ir lá a casa (ou um familiar, ou vizinho) do que ir para um hotel felino.

# Cada pet sitter tem o seu estilo único e próprio de trabalhar, mas aconselhamos sempre a que contratem alguém que garanta mudança de água (com lavagem de bebedouros), entrega de comida (de acordo com as indicações fornecidas), limpeza das caixas de areia em cada visita, brincadeira e estimulação de exercício físico adequado ao gatinho, limpeza do espaço e mimos/ companhia conforme a necessidade do animal. Toda a visita deve decorrer de uma forma o menos invasiva possível para evitar aumentar o stress do gato.

# Em cada visita deve ser verificada a ingestão de água, o estado da urina e das fezes, a existência de bolas de pelo, vómitos, diarreias ou outras situações que tais. Tudo isto nos dão grandes informações sobre o estado do gato e, mais uma vez, reiteram a importância das visitas regulares.


Estas são apenas algumas dicas/ tópicos sobre cat sitting. Muito mais haveria por dizer.... Quem sabe num próximo artigo!


Até lá, recordamos que dispomos de dois webinarios gravados sobre gatos (um sobre Gatos e Cat sitting e outro sobre Gatificação das nossas casas). Caso estejam interessados, basta enviar mensagem e passaremos todas as informações.


O mesmo podem fazer caso pretendam tirar dúvidas sobre o nosso serviço de cat sitting.

Fluffy Pet - treino canino, reiki em animais e pet sitting ao domicílio

960 160 170

www.fluffypet.pt

fluffypet.geral@gmail.com

Facebook | Instagram | YouTube




Imagens da autoria de Fluffy Pet, de gatinhos em cat sitting

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo