Buscar
  • fluffypetgeral

Passeio relaxante... para as duas pontas da trela!

Vamos esquecer os cães por um momento, pode ser?

Vamos pensar em nós, no nosso estilo de vida, na agitação que levamos diariamente.

E quem, hoje em dia, ainda não ouviu falar de meditação, de estilos de vida saudáveis, de mindfulness... Talvez a grande maioria de nós nem sequer leve isto em consideração, porque não sabemos bem o que são e como aplicar no nosso quotidiano.


Pois, este artigo [ligeiramente diferente dos que temos feito, é verdade] vem ajudar nesse aspeto.

Já repararam como os vossos patudos podem e apreciam cada passeio intensamente?

Acreditavam se vos dissessemos que, com base no que os animais nos ensinam, podemos entrar num estilo de vida mais mindfulness e simplesmente com um passeio com o vosso patudo? E podem, até mesmo, dar convosco num estado meditativo...


Continuem a ler para saber como trazer os benefícios destas práticas para o passeio comum do vosso fiel amigo!




  1. A melhor altura para este tipo de passeio é depois do vosso patudo fazer as suas necessidades (os cães tendem a ficar mais agitados quando estão com vontade de fazer as suas necessidade e quanto mais agitados eles estão, mais agitados nós ficamos).

  2. Deixem que seja o vosso patudo a conduzir e a escolher o caminho - vão com tempo, sem pressa, nem sem horários combinados -, pura e simplesmente, deixem-se guiar;

  3. Aproveitem o silêncio - por norma temos muita tendência de falar com os nossos patudos ("anda cá", "já chega", "aaaahhhh", "vamos embora", "para com isso"....). Desta vez, sejam mais fortes que a vossa tendência de falar e permaneçam calmos e calados;

  4. Descartem distrações como telemóveis, músicas, etc.... foquem-se apenas no passeio (afinal, se o objetivo é estar presente no passeio, quantas mais distrações levarmos mais dificil isso será). Foquem-se no vosso andamento, no ritmo de passeio do vosso cão, nos cheiros, nos locais onde o vosso patudo para, etc...

  5. Pratiquem estes passeios meditativos regularmente - e sim, no início pode parecer dificil, mas com as repetições, vamos ganhando o gosto a este estilo de passeio.

Com o tempo, vamos começando a estar cada vez mais presentes no momento, começamos a apreciar o nosso patudo de outra forma, vamos começar a dar conta de movimentos e tiques deles (e nossos) que antes não víamos, vamos começando a apreciar cada momento e cada passeio de uma forma mais semelhante à do nosso patudo. Vamos estando cada vez mais mindfulness, tal como eles!

Quem diz que não podemos aprender com eles?


Terminamos deixando o desafio de experimentarem e deixarem nos comentários como correu! Dêm uma oportunidade a este tipo de passeios e vejam os benefícios que traz, não só para o vosso patudo, como para vocês. E se tiverem essa oportunidade, optem por um passeio na natureza - os cães adoram e os efeitos para vocês serão muito mais notórios!




9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo