Buscar
  • fluffypetgeral

Receitas frescas para os dias quentes!

Oficialmente, o verão ainda não chegou, mas os dias de calor já se sentem e, se nós temos calor e sofremos com as temperaturas elevadas, os animais [e aqui não falamos apenas de cães] também sofrem.


Neste artigo, vamos recordar algumas dicas para ajudar a suportar estes dias mais quentes:


  • sombras frescas: quer sejam animais que estejam dentro ou fora de casa, sombras frescas são sempre importantes para ajudar a regular a temperatura. Proporcione um espaço com sombra para o seu patudo relaxar nas horas de mior calor.


  • água fresca: tal como nós, em dias de maior calor, os animais têm mais tendência a aumentar a ingestão de água. Como a água no bebdouro pode aquecer mais rapidamente, aconselhamos a que mudem a água várias vezes ao longo do dia e a mantenham sempre fresca. Deixem-na em locais mais frescos e com sombra para não aquecer tanto.Podem colocar um misto de água fresca e águna narutal ou colocar um cubo de gelo para ajudar a manter mais fresco, mas não dêm apenas água fresca para evitar choques.


  • gelados: muito no seguimento da alínea anterior, podemos fazer gelados para os nossos patudos comerem nos dias e horas de calor mais inteso. A receita mais simples e rápida é colocar um pouco de ração num copo de iogurte vazio (ou outro tipo de recipiente), encher com água e congelar. Depois de congelado, desenformem e dêm ao voso patudo. Deliciem-se a vê-lo roer o seu gelado! Podemos, ainda, ir variando a receita do gelado (quanto mais variarmos, mais interessante será para ele) e podemos usar biscoitos (uma excelente forma de aproveitar as smingalhas das caixas de biscoitos), pedaços de carne ou salsichas, fruta (maçã, pera, banana, mirtilos, morangos, amoras... ou legumes.



  • cuidados de higiene: como escovagens mais regulares vão ajudar a tirar pelo morto e, assim, permitir que a pele refresque e respire melhor, não fazendo tanto calor ao seu fiel amigo.


  • banhos e afins: se tiverem possibilidade de o levar ao rio ou tiverem uma piscina onde ele possa refrescar é fantástico (tenham cuidado para não deixar os vossos animais sem supervisão ativa junto de piscinas) e lembrem-se que há patudos com medo de água, pelo que esta ideia poderá não ser possivel com todos.


  • passeios: os passeios são parte fundamental do dia-a-dia dos patudos e devem ser tidos em conta e ajustados aos dias de calar. Idealmente não deveremos passear nas horas de maior calor, mas se tiver mesmo de ser, que seja apenas um passeio higiénico (aquela saída rápida para as necessidades) e não um passeio relaxante e grande. Para estes, optemos por horas mais frescas como a manhã e o final do dia e tenhamos sempre em conta que é preferível ir para locais frescos e com sombras. Nos passeios devemo-nos fazer acompanhar com água para o nosso fiel amigo. Além disso, é importante recordar que em dias de calor não devemos puxar pelos nossos patudinhos no que toca a exercício físico!


  • utensílios: como camas refrescantes, colares refrescantes, ventoinhas e AC podem ser úteis para ajudar a refrescar a área - no caso de ar condicionado e ventoinhas, não deixem o sistema na mesma posção; optem por rotativo pra que o ar não fique direcionado apenas e diretamente ao cão.


  • comida: outra coisa que podemos fazer para ajudar o nosso patudo a suportar o calor, é apostar em algumas mudanças na alimentação. Podemos dar em horas mais frescas (como de manhã cedo ou noite), mas também podemos incluir mais húmidos (que hidratam mais). A ideia dos gelados é outra ideia que podemos incluir aqui e, muitos dos brinquedos dispensadores de comida, podem ser congelados e dado assim mesmo.





Fluffy Pet - treino canino, reiki em animais e pet sitting ao domicílio

960 160 170

www.fluffypet.pt

fluffypet.geral@gmail.com

Facebook | Instagram | YouTube




Imagens:

https://www.zooplus.pt/magazine/caes/comida-para-cao/gelados-para-caes

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo